Alexandre Ávalo

Alexandre Ávalo é advogado, professor e Procurador Geral do Município de Campo Grande (MS). É Sócio do escritório de advocacia Ávalo & Rizkallah Advogados Associados.


É professor na graduação e pós-graduação de Direito Processual Civil e Direito Constitucional e leciona, também, na Escola Superior da Advocacia (ESA) e na Escola Superior da Magistratura (ESMAGIS).


Atua em mais de 1000 processos, com foco principal e especializado em Recursos Cíveis e Direito Eleitoral. Ocupou o cargo de Assessor Jurídico do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e já esteve na lista tríplice para assumir a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) pelo Quinto Constitucional.


Alexandre também é Mestre em Direito (UFMS), Pós-graduado em Direito Processual Civil (INPG/UCDB), em Direito Constitucional (PUC-RJ) e em Direito Tributário (PUC-Minas).


Coautor dos livros: "Novo CPC e o Processo Tributário", "Novo CPC: Análise Doutrinária", "Manual de direito processual civil", "Manual de Direito Civil", "Direito Eleitoral, comentários, doutrina e jurisprudência", "O novo Direito Eleitoral brasileiro", entre outros. Autor de diversos artigos publicados em revistas e sites especializados.

Hoje, além da advocacia e da procuradoria, Alexandre coordena um novo projeto voltado para advogados e advogadas, onde compartilha sua experiência prática sobre Embargos e demais Recursos Cíveis, nas redes sociais e em Treinamentos online, visando transformar a advocacia através do conhecimento.

Todas as informações constantes desta página são de autoria e responsabilidade

de Ava Brasil Educação e Tecnologia

CNPJ 09.298.239/0001-64 - Rua Odila Cabral Taváres, 51, Campo Grande-MS.
É importante que você saiba que a Ava Educação respeita e cumpre integralmente

a Lei Geral de Proteção de Dados.
Esta página utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a Política de Privacidade que você pode conhecer
CLICANDO AQUI.
Ao continuar navegando nesta página, você concorda com estas condições.

Caso não concorde, basta sair da página